5 passos para declarar o IRPF 2021

Algumas Isenções IRPF como doenças e pessoas 65 anos ou mais:
7 de outubro de 2020
Deduções IRPF Como pagar menos imposto?
22 de março de 2021
Show all

5 passos para declarar o IRPF 2021

1. Organize toda a documentação necessária

Utiliza uma lista de documentos para fazer a organização necessária para a entrega da declaração que já informamos no início do artigo, se você já está com tudo certo para partir desta etapa para a próxima.

2. Instale o programa da Receita Federal ou baixe o aplicativo

Faz o dowload do programa da Receita Federal em seu computador ou baixar o aplicativo IRPF.

Você pode iniciar uma declaração do zero, importar os dados de sua declaração do ano anterior ou se tiver um certificado digital, selecionar a opção de declaração pré preenchida, que importa várias informações automaticamente para o programa.

3. Preencha todos os campos e fichas da declaração

Junte os documentos separados e inclua as informações conforme as orientações que passamos, tendo muita atenção no preenchimento, pois a maior parte dos casos de malha fina são por erros preenchidos de forma incorreta.

É muito importante lembrar que você só pode lançar dados que possuam comprovantes válidos para comprovação, como notas fiscais e recibos.

4. Verifique a declaração mais vantajosa

Quando finalizar o preenchimento das informações, o programa irá apresentar o valor a pagar ou restituir nas duas modalidades disponíveis: completa e simplificada, você poderá escolher a mais vantajosa para.

No modelo completo poderão ser deduzidas todas as despesas permitidas por lei da base de cálculo do imposto. Ou seja, de seus rendimentos tributáveis serão deduzidas as despesas com INSS, médicas, com educação e outros.

Já na declaração simplificada, estas despesas não são consideradas, tendo a base de cálculo um desconto fixo de 20%, limitado a R$16.754,34 total.

5. Transmita as informações

Quando terminar o preenchimento e após ter feito a conferência é só escolher seu modelo de declaração, verifica as pendências para garantir que nada ficou para trás e já pode transmitir sua declaração para a Receita Federal.

Imprima o recibo e a declaração completa e gere uma cópia de segurança do arquivo, ele pode ser utilizado para importar seus dados na declaração do ano seguinte.

× Como posso te ajudar?